21 Agosto, 2017
Posted in Entrevistas
22 Outubro, 2020 Ricardo Vargas

Realidade Anti-Standard

In Aprender Magazine

O objectivo de uma academia de formação é promover melhores e mais sustentados resultados para a empresa que a implementa. É fácil ver que isto depende da qualidade da formação entregue. Não é tão fácil ver de que outras coisas depende.

 

 

 

 

A investigação revela que factores prévios à formação têm impacto na sua eficácia. Esses factores cabem em três categorias gerais: o que os formandos trazem para a formação; variáveis que permitem ao formando aprender e ingressar em actividades de desenvolvimento; e de que maneira a formação dever ser preparada para maximizar a aprendizagem.

 

A primeira tem que ver com a personalidade dos formandos e as suas: competência prévia, motivação para a aprendizagem e atitudes. A segunda com o contexto da academia: a cultura de aprendizagem contínua que a empresa tem (ou não) e a existência (ou não) de um clima organizacional propiciador da transferência de aprendizagem para o local de trabalho. A terceira com a qualidade da arquitectura da academia e sua relação com a estratégia de negócio da empresa.

 

Estas três categorias de factores conjugam-se de forma única em cada empresa. Por isso o desenho da academia de formação também deve ser único. O modelo de competências da academia A deve ser diferente do da B, porque as pessoas, estratégia e cultura são diferentes. As metodologias de desenvolvimento de competências, os métodos de avaliação de retorno devem ser ajustados à natureza da academia. Nenhuma empresa deve implementar modelos de competências standard, pré-existentes.

 

A arquitectura da academia deve basear-se num sólido conhecimento da realidade. Faz a diferença estar com os participantes em formação, em coaching, saber resolver os seus problemas, escutar e responder às suas reclamações, conhecer as oportunidades reais que têm, a cultura de feedback e a consistência da liderança da empresa. Não basta conhecer as funções no papel, é preciso conhecer as pessoas no terreno.

 

Dominar metodologias de consultoria, formação, facilitação, coaching e palestras permite recolher, processar e adequar o conhecimento da realidade dos participantes e da estratégia da empresa numa academia única, com resultados visíveis. A realidade não é standard.

 

Outras Sugestões

,

Free eBook - Pandemic Lessons for Top Management Teams