6 Março, 2011
Posted in Imprensa
19 Maio, 2020 Consulting House

Pode uma palestra mudar atitudes?

 

“Algumas pessoas falam durante o sono. Os palestrantes falam enquanto outras pessoas dormem”

Albert Camus

 

Esta é uma imagem que facilmente nos vem à cabeça para caricaturar palestras, que são em geral encaradas como algo aborrecido e de pouco interesse. Per si, estas assunções são atitudes que escolhemos para ver a situação.

 

 

 

 

As palestras afiguram-se como um meio rápido e eficiente para um speaker passar uma grande quantidade de informação ou mensagens, num curto espaço de tempo. As palestras são fundamentais no que toca ao ensino de adultos, quer no campo académico, empresarial ou outos.

 

No que diz respeito ao meio empresarial, este processo de ensino/aprendizagem pode assumir diversos objectivos. Em geral, estes objectivos são definidos pelo cliente, podendo visar:

  • Aquisição de informação rápida e cirúrgica por parte dos colaboradores acerca de uma mudança organizacional que irá ocorrer;
  • Levar os colaboradores a reflectir sobre um determinado tópico fulcral para a evolução da empresa no próximo ano;
  • Alinhar ou mudar atitudes perante um novo projecto de melhoria de qualidade de serviço da empresa;
  • Etc.

 

Uma das finalidades de uma palestra pode ser a mudança ou o alinhamento de atitudes na medida em que está ao nosso alcance (enquanto speakers), mudar a forma como as pessoas percepcionam determinado fenómeno e/ou fazer difundir uma determinada mensagem, como por exemplo “não adormecer numa palestra enquanto o orador fala”.

 

Por exemplo, podemos recorrer à mudança de atitudes quando: a nossa empresa lança um novo produto que vem substituir outro gerando alguma resistência inicial; queremos dissolver o mau-estar entre os colaboradores após um período de fusão entre empresas; ou para corrigir comportamentos disruptivos que afectam a produtividade do(s) colaborador(es).

 

Num artigo de Cacioppo, Petty & Crites (1994) são apontadas algumas evidências fascinantes que indicam que a exposição a estímulos novos resulta numa atitude positiva para com esse novo estímulo e que existe maior probabilidade de encarar o estímulo como positivo, se associados a contextos agradáveis ou a resultados positivos. Desta forma, as palestras afiguram-se como uma excelente solução, já que transportam na sua essência uma quantidade enorme de estímulos novos, que acompanhados por um ambiente estimulante, “despertam” atitudes positivas na sua audiência, tornando a mensagem muito mais impactante.

 

Este é o estilo das palestras da Consulting House. Os nossos speakers fazem o delivery de palestras únicas, imprevisíveis, formatadas com base em metodologias provenientes da psicologia com o único objectivo de tornar a sua palestra num evento com impacto na sua organização.

Artigo originalmente publicado a 20 de Abril de 2017.

 

Outras Sugestões