24 Outubro, 2017
Posted in Imprensa
10 Julho, 2020 Consulting House

Digital Works by Consulting House: Digitalização vs. Transformação Digital

Todos queremos sucesso para as nossas empresas. A visão estratégica, a cultura que se  pretende desenvolver, o trabalho que todos os dias acontece estão alinhados com este propósito.

A tecnologia digital, ao permitir inúmeras possibilidades de modelos de negócio, representa o  meio, por excelência, para atingir esse tão almejado sucesso.

Muito se tem falado de transformação digital e de digitalização. Este vocabulário ganhou ainda mais destaque e maior divulgação dada a disrupção provocada pela recente situação de pandemia e as alterações a que obrigou.

No entanto importa esclarecer que são duas coisas diferentes. Podemos falar de Transformação Digital quando existe uma transformação global dos processos, das competências, e dos modelos do negócio, alavancada por um mix de tecnologias que permitem criar novas oportunidades de geração de valor. Fazer o que já fazíamos antes, mas agora utilizando ferramentas digitais, isso é digitalização.

Por isso, a Digitalização numa empresa, se bem desenvolvida, pode ser um passo para a mudança maior e mais profunda implicada no processo de Transformação Digital.

A maior parte das empresas estão entre estes dois pólos. Por isso, vale a pena, considerar o  que a investigação recente tem mostrado sobre a implementação de projectos de tecnologia, em empresas que não estavam preparadas para tal:

  • 11,4% do investimento é desperdiçado mesmo quando o projecto é bem sucedido (PMI, Pulse of the Profession 2020);
  • 21% dos projectos de IT são falhanços (PMI, Pulse of the Profession 2020);
  • Apenas 16,2% dos projectos de IT são implementados com sucesso (Standish Group Chaos Report 2020);
  • 31,1% dos projectos de IT são abortados e considerados completos falhanços (Standish Group Chaos Report 2020).

O retorno do investimento nestes projectos é baixo. Para não fazer parte destas estatísticas é crucial compreender que a implementação de um projecto digital implica uma mudança, uma disrupção das prácticas habituais das pessoas nas nossas empresas.

Se estamos à espera que as pessoas encaixem automaticamente na tecnologia, provocamos resistência a esse processo de mudança. Somos seres racionais e emocionais. A lógica da  persuasão dificulta que adoptemos qualquer nova implementação que nos seja sugerida ou mesmo imposta.

Por isso, para que haja retorno de tudo o que tem sido investido nestes processos recentes de digitalização, é necessário:

  • Uma visão clara, desde o topo da organização, sobre o que se está a fazer e porque se está a fazê-lo;
  • Ter meios e competências para implementar a estratégia que sai dessa visão;
  • Promover uma cultura digital, que valoriza a aprendizagem e que integra o erro de forma positiva;
  • Lideranças capazes de despertar a motivação das suas pessoas para que elas façam acontecer a mudança em vez de depender dela;
  • Envolver as pessoas no processo de mudança desde o inicio, trabalhando as suas competências e alinhando as suas atitudes face à cultura em transformação.

O último ponto enunciado é fundamental. São as pessoas que fazem a transformação. Conseguir o seu engagement e o seu compromisso é basilar para facilitar esse processo. Só assim conseguimos o que queremos: o sucesso das nossas empresas.

Na Consulting House é para isto que existimos e trabalhamos todos os dias.

Outras Sugestões

Free eBook - Pandemic Lessons for Top Management Teams